Governo Federal autoriza pavimentação de 8,5 quilômetros da rodovia, em Itaguari — Ministério dos Transportes

O Gestor de frotas

Governo Federal autoriza pavimentação de 8,5 quilômetros da rodovia, em Itaguari — Ministério dos Transportes

O Governo Federal, por meio do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), autorizou a elaboração do projeto e a execução das obras de implantação, construção e pavimentação dos trechos restantes da BR-070/GO. Serão construídos 8.560 quilômetros de estrada, desde o km 129, no entroncamento com a BR-153/GO, até o município goiano de Itaguari. A ordem de início dos serviços foi assinada nesta sexta-feira (14).

As melhorias, que contarão com um investimento de aproximadamente R$ 50,6 milhões, estão incluídas no Novo Programa de Aceleração do Crescimento (Novo PAC). O contrato prevê, além da pavimentação, drenagem, terraplanagem e a construção de Obras de Arte Especiais (OAE).

Fique por dentro

Inscreva seu e-mail e iremos te notificar das novidades!

As Obras de Arte Especiais são obras que exigem projeto e execução específicos para superar obstáculos naturais ou artificiais, e assim garantir a segurança e a eficiência do trânsito. Como por exemplo, pontes, viadutos e túneis. No contexto da BR-070/GO, as OAEs podem incluir a construção de pontes sobre rios ou viadutos que permitam a travessia de áreas com desníveis acentuados, garantindo assim a continuidade e a qualidade da via pavimentada, melhorando as condições de tráfego, especialmente durante a temporada de chuvas.


Impacto da BR-070 na economia local

A BR-070 é uma das principais rodovias radiais do Brasil, começando no Distrito Federal, passando por Goiás e terminando em Cáceres, no Mato Grosso. A melhoria da infraestrutura rodoviária facilita o escoamento da produção do agronegócio no estado de Goiás. A pavimentação da rodovia ainda vai trazer impacto socioeconômico para a região de Itaguari, conhecida nacionalmente por sua crescente indústria de moda íntima. A expectativa é a geração de novos empregos e um impulso na economia local.

Assessoria Especial de Comunicação
Ministério dos Transportes

Link da matéria

Deixe um comentário